Misturada

"Perguntar qual a minha relação com a escrita é perguntar também qual a minha relação com a leitura, com a escrita dos outros. A escrita, para mim, sempre foi uma utopia que, na prática, revelou-se quase sempre uma reação à escrita dos outros: escrevo comentando livros..."

Por isso não me darei ao trabalho de reagir a nada. Ando cansada demais, de tudo. Estou exausta. Deixarei que desconhecidos falem sobre a minha vida, por meio de palavras escritas antes mesmo do meu futuro virar presente.

De um lado a ausência.
"Nos últimos dois dias tenho sentido tanta saudade que é como se sentir saudade resumisse quem sou.
É como se não houvesse um esqueleto, músculos, sangue e nervos dentro de mim. Como se, ao olhar dentro de mim, alguém pudesse ver apenas as lembranças de você e todas as coisas que tentei dizer, todas as coisas que quero dizer, mas não posso, porque não tenho palavras pra isso."

Do outro o novo.
"Por isso eu acho que a gente se engana, às vezes. Aparece uma pessoa qualquer e então tu vai e inventa uma coisa que na realidade não é."“Mas quando estou com ele fico tão pequena, entrego-lhe o que ainda me resta, ele vai embora e eu fico aqui, me sentindo incompleta, me sentindo um nada, sobrevivendo apenas de migalhas da minha memória." 

Beat

Eu coleciono momentos, vividos e sonhados. Todos eternos enquanto eu puder me lembrar.

De um lado está um punhado de olhares, toques, risos e abraços. Quem se dá ao trabalho de procurar, descobre que isso não passa de uma armadura, por de baixo está o que realmente importa. São machucados que se recusam a parar de doer, e justamente por isso não me deixam esquecer dos sorrisos que vieram antes de tudo mudar. Essas lembranças fazem com que tudo dure, mesmo aquilo que já acabou. 

Do outro lado estão os diálogos ensaiados, as piadas que nunca serão ditas, tudo que poderia ter sido mas até agora não foi. De alguma forma, esse mundo sonhado me mantem nos eixos e dá esperança, como um livro que não tem nada demais porém é absurdamente viciante. 

A verdade é que depois de algumas rasteiras eu mudei de estratégia, espero menos e aceito o que vier. "Antes se surpreender, do que se decepcionar".  A vida nos endurece. Passamos a duvidar de quase tudo e a acreditar em quase nada. Um dia aprendemos por quem lutar ou quando desistir. A nova regra fica clara: quem está interessado procura.

Zíper

Odeio o extremismo forçado de quem muda de opinião de acordo com a maré. Quem muda de ideia para agradar o público, conquistar uma simpatia ilusória. Não confio em quem não confia no seu próprio instinto e por isso precisa seguir pensamentos alheios. 

Não precisa ser preto no branco, basta ser original.
Tá faltando o famoso "ou fode ou sai de cima", somado ao "foda-se o que os outros vão pensar", nas pessoas.

Então, vamos concordar em discordar. 
Eu finjo que acredito em você, estampo um sorriso no rosto e faço de conta que está tudo bem.

Veja só

Com o tempo a gente descobre que saudade é continuar esperando, mesmo sabendo que a pessoa não vai voltar. Sentir falta é não se incomodar com o desperdício de tempo com uma causa perdida. E amar é ter consciência de que esses sentimentos chegam sempre para ficar, são companheiros para vida toda. Por isso, até mesmo as pessoas mais solitárias nunca estão sós, elas caminham lado a lado com a lembrança daqueles que se foram.